Goodds

7 DICAS PARA SE PREPARAR PARA A BLACK FRIDAY

7 DICAS PARA SE PREPARAR PARA A BLACK FRIDAY

Essa é uma data muito esperada pelos lojistas, pois ela já carrega um marketing por si só!
Então, você não vai ficar de fora né? Os preparativos começam desde já e nós vamos te explicar o porquê.

Vem com a gente pegar essa onda das datas de fim de ano 😉

Trouxemos 7 tópicos principais que você deve se atentar para ter muito sucesso nas suas vendas:

1- TENHA UM PLANEJAMENTO

2- FAÇA UMA PRÉ CAMPANHA

3- ANALISE O MERCADO

4- REFORCE SEU ESTOQUE 

5- TRABALHE SEU MARKETING

6- PREPARE SEU ATENDIMENTO 

7- O PÓS VENDA TAMBÉM FAZ PARTE

1 – TENHA UM PLANEJAMENTO

Fazer um planejamento macro pode facilitar e muito sua visão dessa data e ações para colocar em prática e lucrar com essa oportunidade!

Comece pensando no seu público, quais ofertas seriam mais atrativas e quais seus concorrentes. Leve em conta prazo de entrega, opções de pagamento e valor do frete!

Além disso, pense nas metas e planeje os métodos de entrega, pagamentos, deixe tudo alinhado e previamente pensado para que não haja surpresas no dia.

2 – FAÇA UMA PRÉ CAMPANHA

Diversas marcas usam a estratégia de pré-campanha, antecipando algumas ofertas e o reconhecimento perante o mercado.

Sim! Essa ação pode render mais lucros e visibilidade para o e-commerce, além de ser uma excelente alternativa para você potencializar as compras no dia da Black Friday.

Ter esse “esquenta” e apresentar ao consumidor ofertas e promoções interessantes, torna seu negócio mais reconhecido e com boas chances de aumentar a base de clientes.

Um aspecto importante é a forma como a pré-campanha será realizada, já que um impacto negativo resulta na visão que o público tem sobre o e-commerce.

Para diminuir esse risco, opte por uma ação próxima da Black Friday 2021 para que o consumidor associe esses dois eventos e a campanha alcance o resultado esperado.

3- ANALISE O MERCADO

Quando o público pensa em Black Friday, a primeira associação são preços baixos e muitas oportunidades para fazer um bom negócio. Se você oferecer um produto com um valor desproporcional ao mercado, as chances de compra serão pequenas.

Por isso, para não errar e ter sucesso nessa data, confira e analise como está o preço de seus concorrentes. Faça isso com antecedência para facilitar a definição de preços e a decisão das estratégias para chamar a atenção do consumidor com um preço atrativo.

Lembre-se que ofertar um preço muito inferior também não é uma prática recomendada. Leve em conta o orçamento e o perfil do seu e-commerce para ter uma decisão final mais certeira. Então, analise previamente como estão os valores da concorrência, dê descontos reais, mas que sejam vantajosos tanto para o cliente quanto para você.

Aproveite e também avalie o valor de frete e o prazo de entrega dos principais concorrentes. Além do preço, estes dois fatores são os mais considerados pelos consumidores do comércio eletrônico. Afinal, não adianta ter o melhor preço e perder vendas por frete alto ou prazo de entrega longo.

4 – REFORCE SEU ESTOQUE 

Nem tudo o que está no seu site precisa entrar nessa mega liquidação. Também não é aconselhável colocar apenas as peças encalhadas.

Por isso, organize seu estoque, veja o que pode entrar e o que é melhor guardar para as vendas do Natal.

O controle de estoque para e-commerce, não apenas na Black Friday como em qualquer época do ano, pode ser realizada usando um ERP  que integra todas as informações estratégicas da loja virtual.

Com um ERP o processo de como se preparar para a Black Friday será muito mais fácil, afinal o sistema permite que você:

  • automatize ofertas e promoções;
  • realize o controle efetivo das vendas, estoque e logística;
  • integre os canais de comunicação;
  • realize vendas em uma estrutura OmniChannel e mais.

5 – TRABALHE SEU MARKETING

Qualquer ação de marketing leva um tempo para gerar resultados, por isso, dê início às suas campanhas e ações com pelo menos 30 dias de antecedência.

Uma das melhores apostas é planejar ações de remarketing para pessoas que já compraram na loja virtual. Vender para quem já é cliente é mais fácil e barato, inclusive na Black Friday. Para isso, você pode recorrer a emails ou mesmo mensagens para manter seus clientes cientes das promoções.

Para aqueles que já compraram na sua loja, um desconto mais agressivo, ou até mesmo um brinde, pode trazer resultados positivos. Já para os consumidores que nunca compraram em seu e-commerce, a dica é investir na divulgação do seu Produto Campeão (“carro-chefe” com desconto super agressivo).

Além disso, aposte nas redes sociais! Foque no engajamento no Facebook e Instagram, que são as duas principais mídias do momento.
Crie conteúdo criativo para trazer mais pessoas a sua página, assim, quando anunciar suas ofertas, terá uma boa quantidade de espectadores que podem se interessar.

Então, não se esqueça de criar anúncios específicos sobre a Black Friday: foque em chamadas sucintas, que despertem a atenção do usuário e priorize a boa experiência visual, com imagens de alta resolução e que estejam conectadas com o seu e-commerce.

Vale ressaltar que a Black Friday cai no fim do mês e muitos consumidores podem não ter dinheiro para as compras. Então, criar esse engajamento prévio é interessante!

6- PREPARE SEU ATENDIMENTO 

Provavelmente nesse dia a demanda de clientes será maior. Então se você não oferecer um suporte adequado poderá perder um volume considerável de vendas.

Uma boa dica é oferecer treinamento especializado para as pessoas encarregadas desse primeiro contato com os leads, para que o atendimento seja empático, humanizado, eficiente, ágil e personalizado. 

Um atendimento capaz de satisfazer o consumidor e produzir uma boa experiência de compra geram resultados: 96% dos consumidores afirmam que o atendimento é importante no processo de se tornarem fiéis a uma marca. 

7- O PÓS VENDA TAMBÉM FAZ PARTE

Como citamos acima, o atendimento durante e após a campanha é essencial para um bom relacionamento com os clientes. Na Black Friday, as lojas virtuais recebem novos compradores, aumentando, assim, a base.

A dica é aproveitar esse momento para saber o que pode ser melhorado em sua plataforma (e-commerce), portfólio de produtos, preços, entrega, retornos de dúvidas e outros. Para isso, use e abuse do e-mail marketing! Ele é o melhor canal para esse tipo de interação pós-venda. Você pode nesses e-mails enviar um formulário de satisfação, questionando quais pontos você gostaria de metrificar em sua loja.

Estar próximo dos clientes é uma tarefa muito importante durante toda sua jornada, mesmo que o atendimento não seja direto, converse com ele por meio das campanhas, publicações e até mesmo através dos produtos.

Conhecendo seu cliente, você pode recomendar produtos que lhe possam interessar, mesmo depois dessa data! Preze por manter esse contato, pois ambos têm muito a ganhar com essa estratégia.

Gostaria de expandir seus canais de venda e ter sua própria loja virtual? Nossos especialistas estão prontos para te auxiliar =D

goodds.com.br